quarta-feira, 2 de março de 2011

Câmera 360 graus inteligente não perde um movimento






“Não existe um ponto cego para essa câmera, em qualquer posição que a pessoa passar, ela é pega. Então, eu digo que a diferença que a gente está acostumado em câmeras de segurança, é que você tem que calcular onde vai ocorrer o evento ou qual é área mais critica para apontar várias câmeras, essas câmera, como ela tem uma cobertura total de 360° graus, você não precisa ficar se preocupando com qual é a área crítica, por que independente de onde acontecer o evento, essa câmera vai conseguir resgatar essa imagem”, explica Avellar Júnior, Especialista de Produto da Kodo

Essa câmera é muito utilizada no Brasil em sistemas de segurança de empresas, mas suas aplicações podem variar bastante. É possível, por exemplo, utilizá-la para monitorar o número de carros que transitam em uma rodovia. Também dá para detectar se um carro parou em local proibido no estacionamento, ou até mesmo fazer a contagem de quantas pessoas estão entrando no shopping.

“Se a gente programar numa estrada que só um sentido de fluxo deve ser o normal, essa câmera, toda vez que um fluxo estiver na contramão, seja ele uma bicicleta ou mesmo uma pessoa, que a gente pode programar o tamanho do objeto, então essa câmera ela vai identificar, vai notificar isso com um aviso sonoro, um aviso luminoso e vai enviar um e-mail também, para que aquela imagem seja gravada e seja tratada no momento em que ocorra”, diz Avellar Júnior, Especialista de Produto da Kodo

A partir dessa programação você também consegue aumentar a segurança sobre algum objeto, como um computador portátil. Na simulação que realizamos, quando o notebook é tirado de sua posição original, a imagem capta aquele momento e, em seguida, é enviado um sinal sonoro e um e-mail de aviso sobre a ação suspeita. O investimento para ter uma câmera como esta pode começar em aproximadamente 7 mil reais.

A câmera conta com resolução de 8 megapixels, e as imagens são transmitidas em alta definição. Para ter uma central de monitoramento não precisa de equipamentos muito sofisticados. Apenas um computador para poder fazer a integração com o software do produto já dá conta da infra-estrutura.

Fonte | olhardigital

Nenhum comentário:

Postar um comentário